25 de set de 2013

Tosse dos Canis.

Ignorada por muitos médicos como zoonose (doenças transmitidas pelos animais ao homem), a tosse dos canis é uma doença extremamente comum entre os cães. A reclamação de engasgo, vômitos, tosse seca frequente e incessante é ouvida comumente pelos veterinários. De causa bacteriana (bordetela) ou viral (influenza), também é conhecida como gripe canina, esta enfermidade costuma ser transmitida através da exposição de animais com seres humanos em ambientes fechados e entre cães em canis com alta concentração de animais (hotéis, internações). A bordetela também pode afetar outras espécies domésticas, sendo nos humanos de apresentação com pigarro, irritação na garganta, ausência de febre ou placas na faringe, muito confundida com processos alérgicos por profissionais de saúde. Informe-se, se o seu cão está tossindo ao mesmo tempo que você ou algum familiar, não deixe de informar isso ao médico. E em relação aos nossos cães, a melhor maneira de prevenir é a vacinação. Existem vacinas específicas contra essa enfermidade e todos os proprietários de cães deveriam saber e questionar seus veterinários.

O que é Giardíase.

Giardíase é uma das principais causas de diarréias em filhotes e adultos de cães. O parasita é um protozoário e se desenvolve no intestino dos animais e dos humanos causando diarréia intermitente (vai e volta), de aspecto mucóide e sanguinolento as vezes, causando perda de peso progressivo pela dificuldade na digestão e absorção dos alimentos. O ciclo consiste em contaminação ambiental (água, piso etc) pelas fezes de animais infectados, e posterior ingesta de alimento ou água contaminados. O parasita resiste por um longo tempo no ambiente e muitas vezes resiste até a alguns tipos de desinfetantes, tornando seu controle, por vezes bem dificultoso. Não é raro animais serem tratados e recidivarem, mesmo com tratamento correto, por isso a importância do controle ambiental em conjunto com o medicamentoso. A vacinação de cães sadios também se encontra disponível e é uma boa ferramenta de prevenção, porém alguns cuidados de higiene e manejo são de maior importância como evitar andar com o animal em locais onde existam fezes de animais suspeitos ou não controlados. Ambientes contaminados podem ser residências com alto grau de limpeza, portanto o uso correto de desinfetantes, vacinações, desverminações frequentes devem ser utilizados conjuntamente a fim de manter a saúde do seu animal de estimação.