29 de ago de 2011

O ciclo de vida dos carrapatos.

É provável que você tenha uma boa idéia do que acontece com uma pessoa ou um animal se eles não recebem comida, eles passam fome até morrerem. Os carrapatos também podem passar fome até morrerem, mas esse processo costuma levar meses e até anos. No entanto, sem comida os carrapatos não podem fazer muitas coisas. Os carrapatos mostram exatamente que a comida funciona como uma fonte de energia. Os carrapatos precisam da energia do sangue para crescerem, se desenvolverem e depositarem ovos. Sem sangue, os carrapatos não podem fazer nenhuma dessas coisas.
O carrapato começa a sua vida como um ovo. Quando o ovo se abre, uma larva de seis patas surge. Apesar da falta de duas patas, a larva se parece muito com um carrapato adulto. Seu primeiro hospedeiro costuma ser um mamífero pequeno ou um lagarto, e ela precisa encontrar um hospedeiro para crescer. Depois de se alimentar, a larva volta para o chão para digerir a comida e começar a crescer. Depois de uma a três semanas, a larva faz a muda e se torna uma ninfa.

Uma larva de seis patas de um carrapato duro. Foto cedida por CDC/Doada pela Organização Mundial da Saúde.

Uma ninfa tem oito patas e parece uma versão pequena de um carrapato adulto. Ela tem de se alimentar de novo, geralmente de um outro mamífero pequeno, pássaro ou lagarto, antes que possa fazer a muda mais uma vez. Depois que a ninfa terminou de se alimentar, ela volta para o solo e continua o seu desenvolvimento. Algumas espécies de carrapatos moles fazem a muda várias vezes, consumindo sangue antes de cada uma delas. Depois de fazer a última muda, o carrapato se torna um adulto.
Um carrapato adulto tem um trabalho: se reproduzir. Em carrapatos duros, o carrapato fêmea se fixa em um hospedeiro e se alimenta por mais de 24 horas antes de se acasalar. O carrapato macho também se alimenta antes de se acasalar, mas ele costuma ter uma fração do tamanho da fêmea ingurgitada quando o acasalamento acontece. Freqüentemente, o macho morre depois de se acasalar e a fêmea morre depois de depositar algo em torno de 2 mil a 18 mil ovos. Os carrapatos moles são uma exceção. Muitas espécies de carrapatos moles se alimentam de um pouco de sangue várias vezes e depositam ovos diversas vezes. Esse é um motivo pelo qual os carrapatos moles não consomem tanto sangue de uma só vez e não ficam tão inchados quanto os carrapatos duros.
Os carrapatos duros e moles também têm diferentes métodos para encontrar hospedeiros.

O ciclo de vida do carrapato. Em algumas espécies, todos os estágios acontecem no mesmo hospedeiro. Em outras, os carrapatos voltam para o chão, fazem a muda (ecdise) e encontram um novo hospedeiro.


Uma larva de seis patas de um carrapato duro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.