14 de jul de 2011

Diferença entre Ensino e Treinamento do seu Shih Tzu.

O ensino do filhote começa bem cedo, até mesmo enquanto mama, através de sua mãe que rosna quando ele está fazendo algo errado e de seus irmãos, pois cada um praticamente é adversário do outro na disputa por uma teta, isso é um ensinamento pra ele, recebe também do criador quando eles já desmamados e servidos em pratos diferentes querem "roubar" a comida do prato do outro e o criador lhe diz um sonoro "NÃO" e quando ele retorna ao seu prato recebe um suave "Muito bem", ele está recebendo ensinamentos que levará para sempre, desta forma vão entendendo o tom da voz, já que os cães não entendem palavras devemos acostumá-los ao tom de voz, gestos e recompensas.

Já o treinamento é aplicado em características instintivas do cão, por exemplo treiná-lo para acostumar-se às suas visitas, que não estão invadindo o seu espaço e que ele não precisa ficar agressivo, isto devemos treinar.
Os Shih-Tzus são considerados independentes e ao mesmo tempo apegados ao seu dono, mas também são inteligentes e se treinados desde cedo, aprendem com facilidade, muitas vezes só farão quando tiverem vontade, pois é uma de suas características a teimosia, o que nos demanda mais persistência no treinamento.
Ao darmos uma ordem, ela deve ser obedecida imediatamente, caso positivo eles devem receber elogios, agrados e até recompensa, prefiro os agrados, mas como cada shih-tzu é um ser único e com diferente personalidade um do outro, há os que só obedeçam com recompensa e, caso não aconteça a obediência de imediato você deve repreendê-lo fazendo uma expressão de desagrado no seu rosto e retornar à tentativa do treino até que ele o obedeça. Mas jamais perca a paciência, brutalidade, gritos e violência só demonstram que você não é indicado para treinar cães, deixe isso para quem possui estas características e não faça mal ao animal, ele aprende com amor e nunca com gritos.

Muito Impotante:

Que o cão identifique em seu dono o líder, que o trata com firmeza, sendo carinhoso e justo quando ele merecer.
Que ao cometer um erro, o cão não seja punido, mas simq ue tenha uma nova chance de fazer.
Que o dono saiba que o cão possui inteligência limitada, que não vai aprender várias coisas ao mesmo tempo, ao contrário, isso o deixaria confuso.
Eles não deixam de se comportar como animais, cães que são.
Devemos definir o que queremos, qual o comportamento desejado que queremos em nosso Shih-Tzu para assim nos dedicar-moas à eles.
Eles apresentam comportamentos indesejados, os quais muitas vezes nós mesmos através de nosso comportamento influenciamos nossos filhotes a repetir e gostar deles, na maioria das vezes, digo que 100% o erro está em nós e não no cão. Para que ele mude, sempre nós devemos mudar primeiro.
Não existe um cão mau, mas existem maus donos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.