14 de jul de 2011

Primeiros dias do filhote de Shih Tzu em sua nova casa.

E agora? O filhote está urinando e fazendo cocô pela casa toda?!! Não sei mais o que fazer!!
Essa frase é bem comum vermos por aí, como um pedido de ajuda, pode acontecer a qualquer pessoa que compra um cão, mas geralmente acontece com quem compra no impulso e não se preparou para a chegada do peludo. Afinal é um novo membro em nossa família, que tem suas necessidades próprias e bem definidas e como um bebê humano ele faz tudo sem controle apenas com seu instinto. Para evitar tais incômodos devemos tomar algumas providências antes do filhote chegar em casa.
- Escolha o local onde será o dormitório, refeitório, sanitário e área de lazer do filhote de Shih Tzu. Ambos devem ser bem definidos, o local para dormir pode ser próximo ao refeitório (prato e água), porém ambos devem ficar distantes do sanitário, que podem ser jornais no chão, geralmente os filhotes reconhecem o jornal como sanitário pois são comuns nos canis, e deixe um espaço livre para que o filhote possa brincar.
- Nos primeiros dias, cerque o local delimitando o local do filhote, não deixe que ele ande pela casa, deve receber seus primeiros treinamentos assim mesmo, definindo o seu local, aos poucos, se possível, vá aumentando a área dele, após uns 5 dias, e quando ele estiver fazendo suas necessidades somente nos jornais então libere-o para a casa, mas siga-o e caso ele faça xixi ou cocô fora da área demarcada, pegue-o no flagra, e somente no flagra diga-lhe "NÃO" e leve-o imediatamente sobre os jornais, isso o fará perceber que fez besteira. Atenção não adianta dar-lhe bronca se não for exatamente no momento em que evacua, não há efeito algum segundos depois.

- Todos na casa devem estar sabendo destes detalhes para que o filhote aprenda mais rápido e todos devem colaborar a agir de igual forma.

- Tenha sempre em casa com acesso fácil, o telefone do médico veterinário, soro fisiológico, algodão, gaze, remédio para humanos contra febre e dor, um conta gotas ou seringa sem agulha, nunca medique o filhote por sua conta.

- Pode ser que ele chore, afinal ele está sofrendo um trauma ao ser levado de sua mãe e irmãos que eram toda sua referência até então, avise à todos que isso pode acontecer mas que em alguns dias passará, mas se no primeiro choro alguém ir até o filhote, isso o ensinará que chorando ele receberá atenção e fará mais vezes e mais forte, então se estiver tudo bem com o filhote, sua aparência, ele bem animado, pode ir dormir tranquilo que logo ele aprenderá que deve ficar sozinho e que nenhum mal lhe acontecerá.

- Sempre que você adquire um filhote, você leva um pouco da ração que ele estava recebendo no canil, caso você opte por outra ração, a mudança deve ser gradual, o organismo do filhote, assim como no resto de sua vida pode sofrer sensivelmente em mudanças bruscas na alimentação, por isso seja cauteloso e sirva-lhe a quantidade recomendada com a ração do canil, retire um pequeno punhadinho (uma colher de sopa, por exemplo), e substitua com a ração que você está introduzindo, a mesma quantidade do punhadinho (uma colher de sopa), no dia seguinte, retire da ração do canil cerca de duas colheres de sopa da ração e substitua com a mesma quantidade da nova ração sempre as misture, e assim você vai substituindo até que a ração do canil seja totalmente substituída pela nova ração. Ofereça raçâo de excelente qualidade, premium ou superpremium, nunca uma comercial vendida em mercados.
Geralmente após o filhote alimentar-se, cerca de 5 à 15 minutos ele faz suas necessidades fisiológicas, observe se ele não tem Coprofagia (ato de comer fezes), caso o filhote coma suas fezes não se apavore, e diga um sonoro "não" no ato, mais uma vez pegue-o sempre no flagra. Para os Shih-Tzus isso é comum acontecer, não em todos os exemplares mas pode acontecer com qualquer um, para nós humanos isso é nojento, mas para eles pode ser instintivo vindo de seus ancestrais selvagens que se alimentavam de restos quando havia escassez de alimentos, por isso o cocô lhe atrai além de conter proteínas. A coprofagia pode ser apenas comportamental e com o treinamento ela pode cessar. Pode ser de causa nutricional, o filhote sente falta de nutrientes e, por isso precisa de reforço, neste caso você precisa rever a ração do filhote ou talvez ele precise de suplemento alimentar/vitamínico, mas somente com orientação do veterinário. Ou ele pode estar querendo agradar o seu dono, isso mesmo!! Se você juntar o cocô na frente do filhote ele tentará te imitar limpando o local também, por isso, não limpe na frente do filhote, somente após ele ter se esquecido de ter feito. E quando pegar ele no flagra defecando fora do local adequado, diga o não, leve-o até o local certo, e só limpe se ele não estive vendo, pois uma bronca fora de hora e ele ver você juntar o mal que ele fez, ele poderá querer comer para esconder que fez errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.